Serviços

Manutenção / Inspecções

As condições atmosféricas a que está sujeito um Sistema de Protecção contra Descargas Atmosféricas tornam a manutenção um acto indispensável, já que os componentes de um qualquer sistema podem perder a sua eficácia, devido à corrosão, golpes mecânicos e impactos do raio.
Uma correcta manutenção é essencial para manter intactas as características mecânicas e eléctricas de um sistema de protecção contra o raio.
De acordo com a norma portuguesa NP4426, a manutenção de um SPDA tem que cumprir os requisitos da norma Europeia EN 62305-3, ou seja, deverá ser feita, uma inspecção durante a montagem do sistema de protecção, uma outra após a conclusão da instalação e em intervalos regulares e de acordo com a seguinte tabela:

34

 

Não obstante estas indicações, deverá ser feita também uma vistoria completa sempre que se verifiquem alterações nas estruturas que fazem parte das áreas protegidas.
A Lightning Pro coloca assim à disposição dos seus clientes este serviço essencial, em todo o território nacional. A inspecções levadas a cabo abrangem os e pontos obrigatórios, uma inspecção visual completa, medições e execução de um relatório final com a identificação dos problemas encontrados em cada pára-raios, bem como as medidas correctivas que devem ser tomadas, não só para o cumprimento das normas em vigência, mas acima de tudo para garantir um correcto funcionamento do sistema.  

 

 

Projectos / Estudos técnicos

Executamofgs e apoiamos projectos e estudos técnicos com vista à protecção contra descargas atmosféricas. Os nossos serviços podem ir desde a simples consultoria à execução completa do projecto e respectivo caderno de encargos. As soluções serão sempre apresentadas com base em estudos técnicos detalhados e em conformidade com as normas em vigor.

 

 

 

Pára-Raios Radioactivos

Em 1932 os primeiros pára-raios radioactivos foram patenteados e começam a ser fabricados, e até 1986 os pára-raios são fabricados em grande escala, e comercializados por todo o mundo. Até finais dos anos 60 os fabricantes utilizavam Rádio 226, e a partir de 1970 substituem este elemento por Amerício 241. Inicialmente começam a ser instalados em edifícios públicos, Igrejas e complexos industriais até 1986 altura em que o fabrico, importação e venda de pára-raios radioactivos é proibido.
Uma vez que os Pára-raios são equipamentos que estão directamente expostos às condições Atmosféricas mais variadas e durante vários anos, como ventos fortes, chuvas, grandes amplitudes térmicas e mesmo as descargas atmosféricas. As consequências mais directas são a deterioração dos recipientes que contém os elementos radioactivos, correndo o risco de dissipação para a atmosfera e para as estruturas e pessoas circundantes.

  

O facto de estes pára-raios já estarem desactualizados e instalados à bastante tempo vem assim agravar os perigos inerentes para a saúde publica, uma vez que o Rádio-226 tem uma meia-vida, ou período de semidesintegração de 1600 anos e o Amerício 241 de 432 anos.
Estes factos levam-nos a tomar medidas para a consciencialização e de identificação deste problema, ao mesmo tempo em que é feito um investimento em formação e meios para responder da forma adequada às necessidades dos proprietários destes equipamentos. 

 

Recolha de Pára-Raios Radioactivos

 

A remoção de pára-raios radioactivos não é obrigatória em Portugal, apesar de diversos países Europeus já terem optado por legislar neste

sentido, no entanto uma vez removidos do seu local de instalação é obrigatória a sua entrega no Instituto Tecnológico e Nuclear, entidade responsável pelo tratamento de resíduos radioactivos em Portugal, bem a sua rastreabilidade, para tal é emitido um certificado com os elementos de identificação do pára-raios entregue. A não entrega destes elementos ao ITN é punida por lei (Despacho n. 7714/2002 – 2ª Serie de 13/04/02)
A Lightning Pro está habilitada a fazer a identificação, desmontagem e recolha e posterior entrega na entidade competente, dos pára-raios radioactivos, com pessoal especializado e com equipamento indicado por forma a cumprir a legislação em vigor.
A Franklin France, coloca também à sua disposição, através da sua aplicação para iPhone, um método de georreferenciação de pára-raios radioactivos em todo o mundo.

 

 

 

 

Instalação

Na qualidade de representante da marca Franklin France em Portugal, temos uma vasta experiencia não só na concepção de sistemas de protecção contra descargas atmosféricas, mas também na sua instalação, oferecendo assim uma solução chave na mão ao nosso cliente, obedecendo às normas em vigor e com a garantia que só uma empresa dedicada em exclusividade à protecção contra os efeitos dos raios, pode oferecer.